Velhice x sedentarismo: a importância da prática de atividade física por idosos

Na terceira idade, dores articulares e degenerativas aumentam e ocorre a redução da capacidade funcional. Para retardar esses sintomas é necessário manter-se ativo. Como ortopedista, recebo muitos pacientes idosos com queixas de dores musculoesqueléticas generalizadas. Elas ocorrem pelo fato de o envelhecimento celular ocasionar uma desordem da homeostenose (perda de reservas orgânicas e funcionais que é […]

leia mais

Pouca atividade física já pode retardar o envelhecimento cerebral

Um estudo americano mostrou que 75 minutos semanais de exercícios aeróbicos melhoram as funções da memória, cognição e raciocínio. Um novo estudo, realizado por pesquisadores da Universidade do Kansas e publicado recentemente no periódico científico PLOS One, revelou que o cérebro já é beneficiado com muito pouca atividade física. Bastam 75 minutos por semana (a […]

leia mais

Exercícios leves podem fazer tão bem para idosos quanto os moderados

Pesquisadores verificaram benefícios significantes em quem praticou cinco horas de atividades leves semanais. Atividades que exigem pouco esforço podem ser tão benéficas para os mais velhos quanto exercícios moderados ou intensos, aponta uma pesquisa realizada pela Universidade do Estado de Oregon, nos Estados Unidos. Pesquisadores mostram que praticar cerca de cinco horas de exercícios leves […]

leia mais