Quer ter saúde mental? Trabalhe a seu favor

Exercício físico e desgaste articular, qual é a preocupação que devemos ter?
março 18, 2021
Dores no ombro, o que devemos saber sobre o tratamento?
maio 20, 2021

A vida é feita de altos e baixos e as pessoas têm de aprender a andar nessa montanha-russa sem ter recaídas cada vez que o carrinho desce.

2020 foi um ano incrivelmente difícil. Alguns milhões de pessoas perderam a vida para o coronavírus, outros milhões perderam seus negócios ou seus empregos. Outros, ainda tiveram uma significativa redução de renda.

O impacto do distanciamento social, do luto, da recessão vem deixando rastros em 2021. Muitos dormem mal, tão mal que já se cunhou até um termo para isso: corona-insônia. Outros tantos passaram a sofrer com ansiedade ou com depressão. Não são poucos aqueles que passaram a ter no álcool um companheiro diário.

A verdade é que essa vida que a gente vive tem a estabilidade de uma bicicleta. Para sobreviver a ela mantendo um bom estado de saúde mental, é preciso fazer força. Como na bicicleta. Essa é a mensagem que eu gostaria de passar: temos de trabalhar a nosso favor. Não é fácil. Ao contrário, demanda esforço, mas ele é necessário. Cuidar da nossa saúde mental é como andar de bicicleta. Se pararmos de nos esforçar, ela tomba.

Algumas pessoas, claro, precisam de ajuda médica porque desenvolveram condições que estão prejudicando a vida delas ou das pessoas que vivem no entorno delas. Também precisam de ajuda para conseguir enfrentar o momento difícil pelo qual passam.

Nós, profissionais de saúde, somos apenas rodinhas daquela bicicleta. Damos aquele suporte inicial, mas ele é temporário. Haverá um momento em que o dono da bicicleta terá de seguir sozinho.

Essa é uma dica particularmente importante para quem convive com a dependência de álcool ou de drogas ou tem depressão, porque nunca será possível eliminar a existência de bebidas alcoólicas, de medicamentos e de outras drogas, assim como é impossível só vivermos alegrias. A vida é feita de altos e baixos e as pessoas têm de aprender a andar nessa montanha-russa sem ter recaídas cada vez que o carrinho desce.

O segredo para não tombarmos não é só nos esforçarmos, mas nos mantermos em constante movimento. Essa é a chave para nos mantermos equilibrados, porque é o movimento da bicicleta que gera o seu equilíbrio. O equilíbrio mental, emocional e espiritual depende de sermos flexíveis e não ficarmos estáticos.

Fonte: Forbes | Por: Dr. Arthur Guerra é professor da Faculdade de Medicina da USP, da Faculdade de Medicina do ABC e cofundador da Caliandra Saúde Mental.

FortaleSer
FortaleSer
Centro de Reabilitação e Condicionamento Físico: Oferece serviços nas áreas de Fisioterapia e Educação Física tendo como objetivo a promoção da saúde e qualidade de vida por meio do exercício físico. Os profissionais especializados adotam uma filosofia baseada em evidências científicas enfocando a prevenção de lesões, o tratamento e o condicionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pré-Agendamento
Estamos online!