Cinquenta minutos de exercício três vezes por semana podem frear câncer

Cinquenta minutos de exercício três vezes por semana podem frear câncer

Recente publicação científica revela estudo americano com pacientes em tratamento de câncer. Maiores beneficiados eram ativo antes de descobrir problema de saúde.

Uma recente publicação científica do pesquisador Hardikar et al* discute o câncer, principalmente o colorectal entre outros. O que já explicamos em artigo anterior, sobre o benefício dos 150 minutos de exercícios físicos moderados ou 75 minutos intensos, também fizeram a diferença na evolução desse tipo de câncer. Foi realizada com mais de 1.300 pessoas portadoras do câncer colorectal na cidade de Seattle, que fica perto do Alaska.

Os beneficiados com a boa evolução, na sua maioria, tinham sido esportistas ativos antes de descobrir o câncer. Mais uma vez, voltamos à mesma tecla dos benefícios recebidos se formos sempre ativos fisicamente. A regularidade e atividades das mais simples já mudaram a natureza das possíveis complicações de várias doenças graves.

Não precisamos de muitas escolhas de quais modalidades. Basta caminhar, por exemplo, ou mesmo correr a pé ou de bike ou fazer natação. Com a regularidade obteremos os benefícios a partir de 12 a 14 semanas. Ainda vale lembrar que basta não ficar mais de três dias sem fazer as atividades que os benefícios se manterão. Uma parada física de 15 dias e então começará a perda dos benefícios.

Escolha a sua atividade, e junto coloqueexercícios de fortalecimento muscular duas vezes na semana. Você estará pronto para ganhar saúde. Se tiver pessoas doentes na família antes dos 60 anos ou tiver dois dos principais fatores de risco (sedentarismo,fumo, colesterol LDL acima de 150mg%,hipertensão arterial, obesidade, resposta agressiva ao estresse) faz parte dos indivíduos que têm riscos potenciais de desenvolver doenças cardiovasculares. Uma mesma doença aguda que atinge um sedentário e um ativo tem diferenças importantes na sua duração, sendo o tratamento mais longo nos inativos.

A pesquisa que traz essas novidades deixa para nós, médicos, um novo alento contra essa doença terrível que é o câncer. O mecanismo que determinou a diferença explicada ainda não é conhecido e tem muito a ver com algumas mutações genéticas que são influenciadas por substâncias produzidas quando se pratica atividades físicas regularmente.

*Prediagnostic physical activity and colorectal cancer survival: overall and stratified by tumor characteristics. Cancer Epidemiol Biomarkers Prev. 24(7):1130-7. doi: 10.1158/1055-9965.EPI-15-0039.2015

Fonte: Eu Atleta | Por: Nabil Ghorayeb

Deixe um comentário

Comentário (requeridos)

Você pode usar estas tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (requeridos)
E-mail (requeridos)

Anti-spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.